Gestão de configurações no Cervello
fev
10

Gestão de configurações no Cervello

Deixe um comentário

[vc_row type=”vc_default”][vc_column][vc_column_text]A Gerência de Configurações ou CMDB (Configuration Management Database) é, provavelmente, o processo da biblioteca ITIL® mais complexo de ser implementado, exigindo da TI um alto nível de maturidade de processos. Essa exigência faz com que algumas organizações não coloquem a implantação de tal processo como uma prioridade,  estratégia que, inevitavelmente, acaba se mostrando errada ao longo do tempo. Isso porque a gestão de configurações é, certamente, um dos processos de maior importância dentro da biblioteca ITIL®, tendo relação direta com três outros importantíssimos processos ITIL®: Gestão de Incidentes, Gestão de Problemas e Gestão de Mudanças, fornecendo dados estratégicos para tomadas de decisões.

Por exemplo, em relação à Gestão de Incidentes, o BDGC (Banco de Dados de Gerência de Configurações) dá subsídios para a gestão de incidentes identificar quais itens de configuração geram maior número de incidentes.  Essa análise também pode ocorrer por agrupamentos de incidentes por características associadas aos itens como fabricante, modelo, sistema operacional etc.

Já no que se refere à Gestão de Problemas, é possível, através da análise do relacionamento entre os itens de configuração, identificar com facilidade serviços e usuários impactados por um problema, montar um plano de comunicação adequado junto aos usuários afetados, assim como investigar a real origem de um determinado problema.

Por fim, quanto à Gestão de Mudanças, o CMDB pode proporcionar agilidade ao processo de aprovação de mudanças, facilitando a análise de impacto envolvida no processo e dando aos tomadores de decisão, assim como para o time técnico responsável pela mudança, todos os dados dos itens de configuração afetados e suas dependências.

A Cervello, com sua expertise em prestação de serviços, traz ao mercado uma plataforma completa de ITSM, o Cervello TMS, para a gestão de todos os itens citados neste artigo. Ele é composto pelos módulos de gestão de incidentes, gestão de problemas, gestão de mudanças e CMDB, que tornam possível criar uma base de gestão de configurações totalmente customizada, atendendo às necessidades específicas da organização.

Com a plataforma, também é possível criar uma árvore de relacionamento entre os CI’s. Essa árvore, quando visualizada através dos módulos de gestão de incidentes,  gestão de problemas e gestão de mudanças, permite a visualização dos incidentes, dos problemas e das mudanças que estão em aberto impactando cada um dos itens, possibilitando uma rápida identificação de onde pode estar o foco de um incidente grave ou problema, além de uma rápida análise de serviços e usuários impactados por um determinado incidente, problema ou mudança.

Vale observar que o Cervello mantém log de qualquer atividade executada dentro do CMDB, permitindo rastreabilidade de toda e qualquer alteração feita nos dados dos itens de configuração. Essa garantia de segurança é extremamente necessária, dada a importância das informações contidas no BDGC.

Para concluir, o Cervello possibilita ainda realizar a gestão de custos relativos à manutenção dos CI’s, permitindo que decisões sejam tomadas em relação à troca de equipamentos que, constantemente, geram custos de manutenção. O que se traduz em economia para a organização e um parque tecnológico mais eficiente.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

out
20

O que é o Enterprise Service Management (ESM) e por que investir nessa tecnologia

• 20 de outubro de 2020

Na atual era digital, em que a automação de processos é fundamental para trazer bons resultados para qualquer empresa, o TI, famoso setor de Tecnologia da Informação, ganha bastante relevância. Nesse contexto, saber o que é o Enterprise Service Management é essencial. O ESM, como também pode ser chamado, significa Gestão de Serviços Empresariais. Ele… Leia Mais
set
21

7 funções indispensáveis em um sistema de automação de processos

• 21 de setembro de 2020

A automação de processos na era digital é essencial, pois as empresas cada vez mais necessitam de ferramentas capazes de otimizar os seus serviços. Por essa razão, um bom sistema de automação deve oferecer algumas funcionalidades importantes. Nesse artigo você irá conhecer algumas funções que são consideradas importantes para que um sistema de automação trabalhe… Leia Mais
set
04

5 sinais que você precisa de um novo sistema de automação de processos

• 4 de setembro de 2020

Ter um sistema de automação de processos é bom, mas poder contar com um novo, atualizado e com recursos otimizados é ainda melhor. Um bom sistema de automação é fundamental para que um negócio seja bem sucedido, ainda mais diante da constante evolução da tecnologia, em que soluções digitais passam a ser usadas para modelar… Leia Mais
ago
24

O que uma plataforma de digitalização/automação precisa ter para ser excelente

• 24 de agosto de 2020

Hoje em dia a palavra de ordem em muitas empresas é a digitalização. Na era do consumidor cada vez mais conectado com a internet, a transformação digital é fundamental para os pequenos, médios e grandes negócios. É nesse contexto que deve entrar em cena uma excelente plataforma de digitalização/automação, capaz de otimizar processos, proporcionar um… Leia Mais
ago
17

Base de conhecimento: como aliar às soluções do seu cliente

• 17 de agosto de 2020

Na atual era da informação, imagine poder proporcionar para o público do seu negócio um conteúdo de maneira rápida e ágil. A adoção de uma boa base de conhecimento permite essa iniciativa. Esse tipo de recurso centraliza as informações referentes ao seu negócio e isso acaba trazendo resultados positivos como, por exemplo, o fortalecimento da… Leia Mais
ago
11

Outside In: como melhorar o BPM com essa estratégia?

• 11 de agosto de 2020

Para obter um melhor gerenciamento do seu negócio é fundamental conhecer como funcionam os procedimentos básicos que envolvem esse negócio. É aí que entra o conceito de Outside In. É importante conhecer os processos básicos de um negócio para proporcionar uma gestão adequada. Sem ter um amplo domínio desses processos se torna impossível mensurá-los e… Leia Mais