Saiba como a gestão de demandas pode aumentar a eficiência na sua empresa
maio
22

Saiba como a gestão de demandas pode aumentar a eficiência na sua empresa

3 Comentários

Em um cenário de distribuição rápida, seja de produto ou de serviço, a gestão de demandas se torna essencial!

É preciso administrar de forma coerente todas as atividades da sua empresa. Essas atividades podem envolver ações diretas com o cliente ou apenas melhorias internas, que favoreçam o entendimento entre os setores.

E como fazer isso de forma que a eficiência na sua empresa aumente?

Neste post a gente conta mais sobre a importância da gestão de demandas para uma empresa, quais as etapas que envolvem um bom gerenciamento dessas atividades e como todo esse fluxo pode beneficiar diversas áreas do seu negócio. Confira.

Importância da gestão de demandas para uma empresa

Empresas que otimizam as suas atividades se tornam, cada vez mais, confiáveis para o consumidor. Isso acontece porque a execução dos produtos e serviços é feita de maneira mais assertiva e com o mínimo de erros notáveis. O resultado positivo vem porque você atende melhor às necessidades dos seus clientes e ganha uma maior margem de lucratividade.

Além disso, a importância da gestão de demandas para uma empresa engloba outras questões:

  • reconhecer técnicas e habilidades necessárias de uma estratégia de sucesso;
  • identificar os melhores prazos para execução de cada demanda;
  • fazer o controle de custos e recursos utilizados para cada ação;
  • definir etapas necessárias para a execução das atividades;
  • melhorar o ROI dos serviços considerando o comportamento das demandas;
  • escolher os times envolvidos em cada uma das atividades.

E para ter todos os resultados acima, conhecer bem as etapas da gestão de demandas ajuda na organização de cada ação.

Etapas da gestão de demandas

Para criar um processo de gestão de demandas completo e eficiente, a empresa precisa considerar cinco etapas.

1 – Previsão

O entendimento de previsão consiste em saber reconhecer quanto a empresa precisará produzir para evitar contratempos no futuro.

A partir da previsão é possível identificar, por exemplo, demandas por sazonalidade. É uma maneira de o time se organizar para que não falte produto ou serviço para o cliente.

2 – Análise

A análise das demandas consiste no estudo do histórico da empresa, a fim de identificar períodos de alta e baixa, times com menor e maior produção e outros dados importantes.

Após a conclusão dessa etapa, todas as documentações precisam ser arquivadas e deixadas para consultas.  Além disso, o modelo aplicado para análise das demandas deve ser mantido, de forma que, caso seja necessário, ele volte a ser utilizado.

3 – Planejamento de entregas

Com uma previsão da produção ou prestação de serviço elaborada, os gestores também entendem quanto precisarão de recursos, como matéria-prima e equipe envolvida.

O planejamento consiste em se preparar para entrega de todas as demandas de forma que todos os itens listados na previsão e nas análises sejam equivalentes às necessidades dos clientes e times. Técnicas como a Metodologia Lean e a Metodologia Ágil  são bem eficientes na gestão de demandas.

4 – Execução

A etapa da execução traz uma perspectiva sobre funções, operações, distribuição de atividades, etc. Aqui é criada uma cadeia para entender como as demandas serão desenvolvidas e seu percurso de time a time. Com a documentação colhida, é possível entender se os objetivos do projeto estão de acordo com o planejamento.

Mudanças durante a execução do projeto podem ser necessárias. Nesse caso, é importante que todo o time esteja preparado para lidar com alterações não previstas no planejamento. Da mesma forma, é necessário que tratem com agilidade para que os prazos sejam cumpridos sem prejuízos.

 

5- Melhorias Contínuas

Após a finalização de cada demanda há as experiências colhidas. É quando a equipe entenderá como todo o processo se deu, quais as melhorias que podem ocorrer no futuro e quais os erros que não devem ser cometidos.

Isso relaciona diversas questões como financeiro, tempo de execução, times envolvidos etc. Pensar nisso garante que todas as demais fases sejam atendidas com sucesso e as metas planejadas sejam atingidas sempre.

Como a gestão de demandas vai ajudar a sua empresa?

A gestão de demandas é importante para a organização de diversas ações da empresa. Ela consegue trazer informações e históricos importantes para o seu negócio como um todo.

A empresa é beneficiada em diversos pontos.

Redução de imprevistos

A gestão de demandas consegue gerar uma previsibilidade maior em relação à movimentação da sua produção.  Por exemplo, dá para saber quais os meses que exigem mais produção e os que não demandam tanta mão de obra. Com isso, o seu time pode explorar melhor as oportunidades geradas em cada período e planos de ação serão mais bem estruturados.

Agilidade nos processos

A gestão de demandas ainda aponta quais são as atividades que exigem mais tempo e mais pessoas envolvidas. Isso traz eficiência à produtividade e um melhor planejamento.

Quando você identifica esse tipo de entrave, consegue pensar em respostas que trazem mais agilidade para sua produção.

Demandas não atendidas

Os famosos “gargalos” de produtividade podem ser mensurados e analisados com a gestão de demandas. Além disso, você consegue identificar exatamente aonde o planejamento estacionou, porque estacionou e estruturar uma forma de isso não ocorrer futuramente.

Comunicação entre times

Parte de problemas gerados durante a execução de uma demanda se dá pela deficiência na comunicação entre os times. A gestão, quando bem estruturada, elimina essa falha visto que traz uma interação maior entre todos os envolvidos.

Mais uma vez reforçamos a importância de metodologias de gerenciamento de times e demandas, como a Ágil e a Lean, que listamos mais acima. Facilitando a interação entre todos, você reduz bastante os riscos de falhas na comunicação.

LEIA TAMBÉM: Como o gerenciamento de processos (BPM) ajuda na redução de custos na empresa?

Redução de custos

Não podemos esquecer do grande benefício obtido na gestão de demandas: a redução de custos.

Quando você sabe como e onde o seu dinheiro é aplicado, consegue identificar se há ou não riscos de muitas perdas. Além disso, consegue enxugar gastos desnecessários com insumos, equipes e ferramentas.

A gestão de demandas bem estruturada será uma ótima ferramenta de análise de custos para o financeiro da sua empresa. Se você automatiza essas informações, a sustentabilidade do negócio é amplamente beneficiada.

Rotina do negócio

Pode parecer um benefício simples, mas muitas empresas não conhecem, de fato, a rotina dos seus times. Isso pode atrapalhar em algum momento a solução de demandas, comunicação e, inclusive, o financeiro.

Conhecendo profundamente a rotina da sua equipe, dá para perceber as maiores necessidades de cada setor e profissional. Com demandas bem divididas, a qualidade do trabalho, a entrega para o cliente e o bem-estar do time é favorecido.

Você entendeu como funciona a gestão de demandas e como ela pode beneficiar a sua empresa? No nosso blog é possível conferir outros conteúdos sobre gerenciamento de tempo, time e finanças. Confira mais conteúdos!

3 Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    jun
    24

    9 KPIs estratégicos para gerenciamento de serviços corporativos (ESM)

    • 24 de junho de 2021

    A digitalização de processos em uma empresa traz várias vantagens e não há dúvidas acerca disso. Contudo, é preciso ficar atento para o desempenho das ferramentas e processos utilizados em seu negócio como o Gerenciamento de Serviços Corporativos. Sabendo disso, é aí que os KPIs também aparecem para salvar o dia, especialmente quando o assunto… Leia Mais
    maio
    24

    Certificação Pink Elephant – Saiba mais sobre essa conquista da Cervello

    • 24 de maio de 2021

    A Cervello recebe este mês a Certificação PinkVerify, dando um importante passo para trazer ainda mais segurança e credibilidade aos empreendimentos na era digital. A Pink Elephant é conhecida internacionalmente no segmento de ITIL e ITSM. E a Cervello, nesse caso, apenas comprova o quanto é uma empresa antenada ao que há de mais importante… Leia Mais
    maio
    20

    O futuro dos Centros de Serviços Compartilhados (CSC)

    • 20 de maio de 2021

    No dia 18 de maio a Cervello participou do 8º Shared Services Knowledge Exchange do IEG. Esse evento, realizado no formato online, foi criado e organizado pelo IEG. O 8º Shared Services Knowledge Exchange abordou temas relevantes sobre a digitalização nas empresas, tendo como público-alvo líderes e diretores de alta e média gerência de CSC,… Leia Mais
    maio
    04

    Home office e Service Desk cognitivo – A combinação essencial para 2021

    • 4 de maio de 2021

    Em tempos de pandemia, a transformação digital, que já era importante para o bom andamento dos negócios, se tornou a solução definitiva. É nesse contexto que o Service Desk ganha ainda mais relevância. Além disso, aliado a outras práticas que auxiliam as empresas, como o Home Office, o Service Desk assegura resultados positivos para as… Leia Mais
    maio
    04

    Sua empresa deve investir em automação e digitalização processos?

    • 4 de maio de 2021

    Não há saída! A solução é a automação e a digitalização de processos. É desse modo que qualquer empreendimento, seja uma mega corporação ou um pequeno negócio, tem condições de se adaptar à era digital. Nesse contexto, em que os consumidores utilizam canais digitais no dia a dia, é fundamental que as empresas também façam… Leia Mais
    abr
    30

    Cervello participa do 8º Shared Services Knowledge Exchange do IEG

    • 30 de abril de 2021

    No dia 18 de maio a Cervello vai participar do 8º Shared Services Knowledge Exchange do IEG, um evento online criado e patrocinado pelo IEG. O SSKE faz parte de 4 eventos, no entanto, para essa edição, a Cervello irá patrocinar 3 deles. O 8º Shared Services Knowledge Exchange será realizado no formato online e… Leia Mais