5 técnicas de Rapport para melhorar a experiência do usuário
fev
08

5 técnicas de Rapport para melhorar a experiência do usuário

Deixe um comentário

O atendimento é um bem precioso em qualquer tipo de negócio. Sem um bom atendimento, clientes se tornam cada vez mais raros e as vendas sofrem quedas. É aí que surgem as técnicas de rapport.

Rapport é um conceito que veio da Psicologia, porém ele também se encaixa quando o assunto é vendas e gestão de negócios, especialmente na questão de atendimento aos clientes.

E no atual contexto cada vez mais digitalizado das empresas, em que muito se fala na importância da “Experiência do Usuário”, as técnicas de rapport se adaptam com a automação de processos nos negócios.

Para saber o que é e como aplicar corretamente as técnicas de rapport, confira os tópicos que separamos sobre o assunto.

O que é Rapport?

Não é novidade que a psicologia e a gestão de negócios andam de mãos dadas. Conceitos como “comportamento do consumidor”, “neuromarketing” e “gatilhos mentais” estão aí para comprovar isso.

E falando em psicologia, aqui está mais um conceito para auxiliar o mundo dos negócios, especialmente quando se trata de melhorar o atendimento ao cliente e a Experiência do Usuário. Estamos falando das técnicas de rapport.

O termo “rapport” é oriundo do idioma francês. A palavra “rapporter” se refere a conceitos como “trazer”, “buscar”, “manter uma relação”.


Saiba mais como melhorar o atendimento ao cliente com automação de processos


Não demorou para esse conceito ser utilizado na área da psicologia com o intuito de expressar a conexão entre o médico e o paciente, principalmente para conceituar a prática de estabelecer uma ligação de empatia com outra pessoa.

Por meio do rapport, a comunicação se fortalece e possibilita que a outra pessoa fique mais aberta às opiniões, estreitando a sua interação com o médico e recebendo informações com menor resistência, assimilando com mais facilidade o tratamento.

No âmbito das empresas, as técnicas de rapport são importantes para consolidar uma relação de empatia entre a empresa e o usuário, quebrando com isso barreiras de resistência.

O fato é que, por meio das técnicas de rapport, uma empresa na atual era digital tem totais condições de facilitar a interação com os clientes, mostrando que as modernas ferramentas de tecnologia são intuitivas.

Para que servem as técnicas de rapport?

Por meio do rapport, é possível mostrar para os clientes que as várias ferramentas atuais não são complexas, que elas são capazes de trazer vários benefícios para o dia a dia.

É importante que no atual contexto da era digital, os usuários se libertem desse mito de que a tecnologia é algo complexo e, vá lá, até mesmo invasivo.

Pense na quantidade de clientes que evitam efetuar compras online imaginando que senhas serão roubadas e que o procedimento é complicado. Hoje em dia, em tempos de pandemia, por exemplo, é fundamental mostrar que as ferramentas digitais são a solução.

Por isso, ao poder contar com as técnicas de rapport, é possível melhorar a tão falada Experiência de Usuário, facilitando ao máximo a interação. Um exemplo disso pode ser o rapport auxiliando o sistema de help desk.

Nesse caso, é válido criar um histórico para cada usuário que entrar em contato com o setor de suporte ao usuário. Baseado nesse histórico é possível disponibilizar um atendimento personalizado e assim facilitar ainda mais a comunicação.

Conheça 5 técnicas de rapport

Diante da importância que elas representam para o processo de automação das empresas e também para o cotidiano dos usuários, vale conhecer melhor algumas das principais técnicas de rapport. Confira!

1 – Comunicação regular

Lembra que um dos significados do termo “rapport” é justamente “trazer de volta”, “manter uma relação”? Pois é, por essa razão que consolidar uma comunicação frequente com os clientes consiste em uma importante técnica de rapport.

Sendo assim, de nada adianta efetuar uma venda, por exemplo, e esquecer que o cliente existe. É importante, nesse caso, pensar em estratégias de pós-venda, mostrar que ele é importante e assim consolidar uma relação mais duradoura com ele.

2 – Uso de comunicação mais direta e não generalizada

É normal que cada cliente aprecie se sentir único, exclusivo e especial. É por isso que a segmentação é importante em se tratando da interação entre a empresa e o consumidor.

Nesse aspecto, é válido adotar uma comunicação mais direta em várias situações. O uso da estratégia do e-mail marketing, por exemplo, é uma alternativa. Outra medida pertinente e coerente com o atual contexto digital é o uso dos chatbots com atendimento humano.

3 – Gestão de feedback

É importante adotar estratégias para gerenciar os feedbacks deixados pelos clientes. Isso mostra o quanto a opinião deles é relevante. Um empreendimento que não leva em conta esse aspecto não consegue uma interação completa com os clientes.

4 – Utilize o gatilho mental da reciprocidade

Os gatilhos mentais, assim como as técnicas de rapport, também vieram da psicologia para auxiliar na gestão de um negócio.

São vários os gatilhos mentais que podem auxiliar no rapport, pois eles são elementos que influenciam diretamente as ações e atitudes dos consumidores. E um desses gatilhos é a reciprocidade, que consiste, basicamente, em fazer favores sem exigir nada em troca.


Entenda porque a inovação digital é importante na gestão de acordos entre as empresas


Ele é uma forma de agradar o cliente. Um exemplo a respeito de como ele pode ser utilizado pode ser uma promoção de aniversário.

5 – Base de conhecimento simplificada e intuitiva

É comum que muitos clientes tenham algumas dúvidas relacionadas a determinados aspectos da empresa. Por isso, poder contar com uma solução como uma base de conhecimento traz muitas vantagens.

A base de conhecimento atua como um depósito de informações que pode auxiliar tanto os colaboradores da empresa quanto os consumidores. Por esse motivo é fundamental adotar uma base intuitiva, de fácil acesso ao conteúdo ali presente.

Com as técnicas de rapport é possível otimizar o atendimento

Elas atuam permitindo melhorar um dos aspectos que é essencial no cenário digitalizado das empresas: a Experiência do Usuário. E isso gera uma relação de confiança, empatia e proximidade.

Tais técnicas conseguem isso por meio do uso adequado de soluções digitais, que devem ser cada vez mais intuitivas, facilitando com isso a interação.

Portanto, para saber mais a respeito desses e outros temas que podem auxiliar a digitalização do seu negócio, não deixe de assinar a nossa newsletter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

maio
24

Certificação Pink Elephant – Saiba mais sobre essa conquista da Cervello

• 24 de maio de 2021

A Cervello recebe este mês a Certificação PinkVerify, dando um importante passo para trazer ainda mais segurança e credibilidade aos empreendimentos na era digital. A Pink Elephant é conhecida internacionalmente no segmento de ITIL e ITSM. E a Cervello, nesse caso, apenas comprova o quanto é uma empresa antenada ao que há de mais importante… Leia Mais
maio
20

O futuro dos Centros de Serviços Compartilhados (CSC)

• 20 de maio de 2021

No dia 18 de maio a Cervello participou do 8º Shared Services Knowledge Exchange do IEG. Esse evento, realizado no formato online, foi criado e organizado pelo IEG. O 8º Shared Services Knowledge Exchange abordou temas relevantes sobre a digitalização nas empresas, tendo como público-alvo líderes e diretores de alta e média gerência de CSC,… Leia Mais
maio
04

Home office e Service Desk cognitivo – A combinação essencial para 2021

• 4 de maio de 2021

Em tempos de pandemia, a transformação digital, que já era importante para o bom andamento dos negócios, se tornou a solução definitiva. É nesse contexto que o Service Desk ganha ainda mais relevância. Além disso, aliado a outras práticas que auxiliam as empresas, como o Home Office, o Service Desk assegura resultados positivos para as… Leia Mais
maio
04

Sua empresa deve investir em automação e digitalização processos?

• 4 de maio de 2021

Não há saída! A solução é a automação e a digitalização de processos. É desse modo que qualquer empreendimento, seja uma mega corporação ou um pequeno negócio, tem condições de se adaptar à era digital. Nesse contexto, em que os consumidores utilizam canais digitais no dia a dia, é fundamental que as empresas também façam… Leia Mais
abr
30

Cervello participa do 8º Shared Services Knowledge Exchange do IEG

• 30 de abril de 2021

No dia 18 de maio a Cervello vai participar do 8º Shared Services Knowledge Exchange do IEG, um evento online criado e patrocinado pelo IEG. O SSKE faz parte de 4 eventos, no entanto, para essa edição, a Cervello irá patrocinar 3 deles. O 8º Shared Services Knowledge Exchange será realizado no formato online e… Leia Mais
mar
16

Computação Cognitiva | Saiba o que é e suas vantagens para os negócios

• 16 de março de 2021

É inevitável a transformação digital acontecer, contudo, a pandemia do Coronavírus acelerou esse movimento, e os empresários tiveram que correr contra o tempo para se adequarem as novas demandas e automatizarem os processos produtivos. Nesse meio tempo, muitas novidades surgiram, assim como tecnologias, tendências e novas abordagens. E uma dessas novidades é a computação cognitiva…. Leia Mais