Estratégias de produtividade para equipes de sustentação e desenvolvimento
nov
24

Estratégias de produtividade para equipes de sustentação e desenvolvimento

Deixe um comentário

A digitalização e a automação de processos são hoje em dia um processo de grande importância para as empresas, as tornando competitivas, melhorando a produtividade e otimizando a relação com os clientes.

Porém, tão importante quanto promover o uso da tecnologia e a automação, é pensar também como deve ser realizada a gestão de uma equipe nesse contexto digitalizado.

Por isso, Maurício Ribeiro dos Santos, que atua como gerente de produtos e infraestrutura na Cervello, traz considerações pertinentes acerca desse tema.

Maurício possui mais de 10 anos de experiência na implantação de métodos de produtividade em equipes de centrais de serviço, atuando também com a implantação de projetos em centrais de serviço e gestão de equipes de desenvolvimento.

Em uma palestra, Maurício levantou algumas considerações importantes que devem pautar uma boa gestão de equipes.

Gestão de produtividade em equipes de sustentação e equipes de criação

O profissional salientou que os gestores devem ficar atentos para alguns sinais que apontam erros de gestão na equipe.

As entregas ocorrem dentro ou fora dos prazos determinados? O produto que a equipe entrega soluciona os problemas dos clientes? Qual é o nível de estresse dos gestores e dos integrantes da equipe? O foco deve ser na produtividade da equipe ou dos indivíduos?

Essas foram algumas perguntas que o gerente de produtos da Cervello trouxe, com o intuito de levantar algumas reflexões sobre os métodos de gestão.

Além disso, o profissional destacou a importância de evitar que os colaboradores trabalhem fora do horário normal. Esse trabalho fora de hora torna a rotina mais cansativa, atrapalha a concentração do colaborador e afeta negativamente a produtividade.

Possíveis causas dos problemas de gestão e produtividade

Maurício ainda salientou que entre os principais motivos dos problemas de gestão está o desequilíbrio entre demanda e gestão. Primeiro essa falta de equilíbrio deve ser sanada e depois solucionar os problemas de produtividade.

O palestrante também destacou outras causas, tais como processos pouco claros ou utilizados de forma equivocada, falta de uma boa base de conhecimento capaz de elucidar para os colaboradores várias questões importantes, assim como a descentralização dos setores da empresa.

Outro motivo para os problemas de gestão é a falta de visibilidade e análise de métricas. Uma análise constante das métricas facilita que o gestor tenha uma visão geral de como estão sendo realizados os processos.

Para sanar tais problemas, é fundamental que o gestor seja um líder com uma boa capacidade de ouvir. O bom líder deve estar sempre atento e receptivo para as sugestões que os demais colaboradores trazem no dia a dia da empresa.

Qual é a metodologia mais adequada para otimizar a produtividade da equipe?

Maurício afirmou que existem métodos voltados para equipe de sustentação e outros para equipes de criação.

No caso de equipe de sustentação, é importante contar com a automação e também ser um líder de perfil mais colaborativo, que ajuda a identificar as dificuldades do dia a dia na empresa.

Para equipes de criação, a automação já não é tão importante. Quando se trata desse tipo de equipe, o importante é contar com métodos multidisciplinares. Ou seja, é importante ter à disposição colaboradores especializados em tarefas específicas.

Contudo, é essencial ainda planejar ciclos curtos de trabalho, sem projetos a longo prazo, pois isso facilita o melhor planejamento das atividades.

O palestrante salientou ainda que é necessário ser receptivo a mudanças e também adotar o método Kanban, pois ajuda a organizar as tarefas da equipe.

Agora algo muito importante: agir e medir em um curto espaço de tempo. Isso vale tanto para equipes de sustentação quanto de criação.

O papel do gestor no gerenciamento de produtividade da equipe

Por fim, Maurício ainda menciona alguns conceitos importantes que fazem parte do cotidiano do gestor no atual contexto digitalizado dos negócios.

Entre eles estão:

  • criar um ambiente colaborativo entre os membros da equipe;
  • eliminar obstáculos que impeçam o time de melhorar os índices de produtividade;
  • adotar métodos e ferramentas que permitam a evolução da equipe;
  • monitorar a aderência desses métodos e ferramentas
  • e ajustar o que for necessário.

Mostrando que a prioridade deve ser a atuação do líder, o palestrante salientou que em seguida vem o uso das ferramentas adequadas para a automação dos processos na empresa.

Assista a palestra agora mesmo clicando neste link!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

maio
23

Case Fundação Zerrener – Como a instituição aumentou e modernizou a gestão com a solução da Cervello

• 23 de maio de 2022

A digitalização e a automação de processos em uma empresa já deixaram de ser uma tendência e se consolidou como uma solução. Por meio do uso de ferramentas digitais é possível assegurar uma eficiente gestão do negócio como um todo. Processos importantes, como, por exemplo, gerenciamento de tickets, fluxo do caixa, recursos humanos e muitos… Leia Mais
abr
03

Multicanal para o cliente ponto focal para o gestor | Entenda os benefícios dessa abordagem

• 3 de abril de 2022

O modo como você se adapta às constantes mudanças promovidas pela transformação digital nos dias de hoje se torna um diferencial para a sua marca se tornar mais competitiva e conhecida. Contudo, é preciso encontrar soluções para assegurar uma experiência satisfatória de atendimento ao cliente no atual cenário de automação de processos dos negócios. Na… Leia Mais
mar
28

Serviços de CSC – Do analógico para o digital

• 28 de março de 2022

O conceito e a utilização de um serviço de CSC não é exatamente uma novidade na gestão de negócios. Eles são utilizados há décadas e se adaptam de acordo com o contexto da empresa e com a tecnologia vigente. Hoje em dia, diante da transformação digital, a CSC também passa por mudanças, tudo para se… Leia Mais
mar
20

Do ITSM para o ESM – A evolução natural dos serviços

• 20 de março de 2022

Estamos na era digital e da automação dos processos. Os consumidores, de uma forma geral, utilizam as redes sociais, compram em lojas online e utilizam smartphones para quase tudo. Nesse contexto cada vez mais digitalizado, com clientes também adeptos dos dispositivos móveis, os gestores também devem se adaptar a esse era de tecnologia e transformação… Leia Mais
mar
17

Veja os 10 benefícios do CSC para a sua empresa e que ninguém te contou

• 17 de março de 2022

A CSC, que também pode ser chamada de Central de Serviços Compartilhados, também chamada em inglês de Shared Service Center, é um recurso muito importante no atual contexto da gestão de empresas. Em tempos de transformação digital e digitalização de processos, a CSC surge como uma das protagonistas, pois se torna essencial para a sobrevivência… Leia Mais
fev
15

BPM – Saiba o que é e sua importância no suporte ao ESM

• 15 de fevereiro de 2022

O BPM é uma sigla que cada vez mais se torna importante quando o assunto é gestão das empresas na era digital. BPM é um conceito gerencial usado para facilitar, modernizar e melhorar a gestão de um negócio. O BPM ainda tem relação com um outro conceito importante nos negócios: o ESM. O ESM é… Leia Mais
jan
17

Migração de plataforma e implantação | Como fazer de forma fácil com o Cervello ESM Fast Track

• 17 de janeiro de 2022

Realizar a implantação ou a migração de plataforma tecnológica é o caminho para a modernização de qualquer empresa, de qualquer segmento. Esses processos contribuem e aceleram a digitalização do negócio, otimizam a produtividade e modernizam as atividades realizadas. No entanto, é comum que haja uma preocupação em relação às dificuldades técnicas e as várias fases… Leia Mais